Mensagens, carros e gatos

Calendário de artigos

< Abril 2013 >
S T Q Q S S D
voltar ao mês actual
A carregar
01 02 03 04 05 06 07
08 09 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30          

Estou muito chateada com a Telepizza! Não é que estive uma semana sem ligar o meu telemóvel e quando finalmente o liguei, não tinha nem uma SMS da Telepizza? Nem uma!! A Telepizza que, naquelas horas de solidão me enviava uma SMS a dizer que podia comprar 3 pizzas pelo preço de uma e a vida brilhava! E desta vez nada.... lol estou a brincar, não estou nada chateada, eheh. Acho muito porreiro que enviem SMS a avisar das promoções e realmente há alturas que não há movimentação no meu telemóvel  e são estes serviços que me espantam - Uh! Tenho uma mensagem! Ah, afinal é automática... - A midas também há algumas alturas que me avisa que a revisão do óleo está quase a chegar ou que posso comprar pneus a não sei quantos euros. Não me importo com estas sms. Realmente não adianta muito, ainda não fui uma única vez à Telepizza por causa dos descontos que me avisaram por SMS, raramente lá vou ou encomendo pizzas e se quiser efectuar um pedido vejo na net quais as promoções e hei de usufruir uma das actuais porque é nesse momento que me apetece o raio da pizza. E no caso da Midas, não tenho interesse em saber que os pneus têm desconto, o que interessa é que não tenha que os pneus e quando tiver, eles lá me vão dizer e hão de estar ao preço que estiverem...:/ e quando são sms da revisão do óleo, é bom saber para me começar a preparar a ir lá mas desta vez deixei passear aqui uma data de kms, nem vou dizer quantos foram porque foram muitos e parece mal lol até me admira como não aconteceu nada ao carro entretanto, desligar-se ou deitar fumo.... qualquer coisa que possa acontecer a um carro que não tenha óleo... pah, se calhar até tinha e eles avisaram cedo de mais mas que passaram muitos lá isso passaram.

Corsinha

Falando na Midas, desde 2010 que sou uma cliente frequente desta empresa. Frequente, como quem diz, pelo menos uma ou duas vezes por ano vou lá. Já cerca de duas pessoas não me recomendaram a Midas mas tenho muito mais desconfiança em relação a mecânicos por conta própria porque podem ter alturas de maior aperto e quem é que paga? É o cliente! Paga mas pode pagar mais do que o suposto. Não é que não lhes queira ajudar mas a mim também me é difícil andar a gastar dinheiro assim para o carro. Acho que é lhes mais fácil cobrar aquilo que lhes apetece do que no caso de empresas que têm uma estrutura e não lhes deve cair directamente nos bolsos. Isto é o que penso mas se alguém me quiser aldabrar, independentemente se trabalha por conta própria ou de outrem também o pode fazer, uma pessoa pode ir desconfiando e vai perguntando a amigos e famliares que percebem para esclarecer se é algo que se precisa mesmo de mudar e se o preço ronda o que pediram mas só recentemente  desconfiei mais da Midas, no entanto, não tenho muito por onde pegar. Sendo utilizadora de um carro da década de 80, acho normal que a probabilidade de encontrarem mais situações que necessitem de arranjo seja maior mas quando pretendo fazer só a mudança do óleo e que não quero mesmo gastar mais dinheiro com o carro de momento - que a altura da inspecção ainda vai longe - saber que há mais coisas a serem arranjadas é uma grande chatice e um grande inconveniente. Vá, desta vez foram só os travões que estavam a perder muito óleo e de resto garantiram-me que está tudo fino! Mas não abusem que deixo de ser cliente! Até gosto deles, são simpáticos, está lá sempre o mesmo senhor responsável que me trata bem mas não acho que o lema seja o que dizem: Reparamos o seu carro na hora e sem demora - porque estão sempre com trabalho e quando é algo que tenho de ficar là à espera é uma seca mesmo incluindo passeios pelo centro comercial. Mas até acho que fazem um bom serviço e têm bons horários para uma pessoa poder lá ir quando dá mais jeito (podiam abrir mais cedo! mas já lá tive de ir cedo e já estava lá gente que me aceitou o carro antes da hora de abertura, o que também é simpático e dá jeito quando uma pessoa tem pressa).
Então, por ser cliente frequente tenho as facturas todas guardadas num livrinho de carimbos que me deram para poder ter desconto na manutenção ou uma mudança de óleo grátis (ainda me falta uma mudança de óleo paga para ter essa!) e esta semana quando lá fui pus-me a cuscar as datas e os valores das facturas, o senhor também foi simpático e pôs-se a ver lá no computadorzeco quanto é que eu tinha gasto no total desde que lá vou... e o resultado foi.... *tambores*.... mil euros com o corsinha!
Ainda é puxado mas tendo em conta que é desde 2010 e que é velhinho, nem acho assim muito. O que interessa é que ele está todo porreirinho neste momento e que tenho confiança nele. Já tive os meus sustos, não foram muitos mas à pala disso ando mais devagarinho e sou mais prudente com os outros utentes da estrada.

Quando me falam que se calhar devia começar a ver outro carrinho também barato, mal considero... Desfazer-me do meu corsinha não é algo que queira, gosto tanto dele. Está comigo desde que tirei a carta e trocar por um também barato de certeza que vou para um em piores condições que o meu.

Como agora utilizo o smart da empresa começo a comparar mais entre um carro antigo e um recente mas também acho que não consigo comparar entre a maioria dos recentes porque quando vou à pendura nesses, acho o smart muito mais simples e directo do que os outros todos cheios de botões e complicados. Acho que foi um carro bem pensado e desenvolvido. Para colocar combustível posso estar direitinha, como via as outras pessoas fazerem. Pensava eu: Porque é que não me dá jeito colocar combustível no corsinha? Serei muito alta? Mas aquelas pessoas também parecem ter boa estatura... - lol conflitos interiores. O estacionamento obviamente é muito mais prático, inversões de marcha, apesar dessa safar-me muito bem no corsinha, ultrapassagens... agora, algo que não é assim tão bom no smart, é quando há vento! No final desta semana fez um vento descomunal quando comecei a aproximar-me do local de trabalho, o smart começa a receber guinadas por causa do vento e eu até ia atrás de outro smart (raios, são mesmo populares!) e o da frente não me parecia andar aos ziguezagues e eu tinha a sensação que ia! Depois quando fui trabalhar fiquei muito preocupada: será que o carro ainda vai lá estar onde deixei? Com tanto vento ainda sai do sítio! lol ainda lá estava, uff! :p mas não era um ventinho era mesmo uma grande ventania! Até eu era empurrada! Tempo maluco!

Só retomando num instantinho o tema inicial. Andei uma semana sem telemóvel porque o Temaki andou a roer o cabo do carregador há uns tempos e, provavelmente mais do que uma vez, porque da primeira vez que vi o cabo roído ele ainda funcionava e passado algum tempo já estava a ver mais marcas pelo cabo que não tinha reparado antes até que cada vez ia sendo mais difícil carregar o telemóvel e tinha que colocar peso em cima dos sítios roídos e dar um jeitinho até aquilo funcionar... resultado: deixou mesmo de carregar. Estive uma semana sem ir à procura de um carregador apropriado, pois sou detentora de um sony ericsson w200i e não há aí aos molhos.

Sony Ericsson

Passei primeiro por um indiano no Seixal que experimentou um carregador para outro modelo desta marca, apesar de parecer igual não funcionava no meu; tinha também um carregador de baterias mas isso exigia que tivesse sempre de desligar o telemóvel e retirar a bateria para o carregar. Ficou esta última opção em standby caso não encontrasse nada que me carregasse o telemóvel... Depois procurei na Worten Mobile mas não cheguei a perguntar pois estavam duas pessoas antes de mim a serem atendidas e pelo que parecia ia demorar muito... ainda esperei mas depois mandei-os passear. A ensitel, apesar da controvérsia social que houve há um ou dois anos, tinha um carregador de 19,90 euros, caro, porque dispõe das opções de carregamento em casa, computador e carro (tomada, usb e isqueiro), então passei primeiro pela worten (a normal e não a mobile) que bastou mostrar a saída do carregador para me confirmarem com um redondo NÃO, que não tinham isso. Com um saltinho novamente à worten mobile, até tinham mas estava esgotado. Ensitel: 1, outras lojas: 0. Carreguei o telemóvel logo no carro e agora quase que tenho um carregador mais caro que o telemóvel! lol na altura que o comprei acho que foi bem mais caro, até tem muitas opções mas agora coitadinho.

Carregador Sony Ericsson

Não pensem que só utilizo coisas velhas! Até sou muito moderna mas se o carro está em óptimo estado (apesar das despesas) não me vou pôr a pagar algo ainda mais caro. E o caso do telemóvel é que o iphone está bloqueado a outra rede, uso-o para a internet e tem o seu tempo de utilização limitado que prefiro ter também o sony ericsson mais estável.

Falando agora no último inconveniente, ando a treinar o Fuscas para deixar de fazer barulho durante a noite (madrugada). Há uns tempos, antes do Fuscas ser um jóvem estéril, punha-se a miar aos quatro ventos, durante a noite, no corredor da casa, a chamar pelas gatas (penso eu). Aquilo era uma coisa descomunal. Depois, passado uns tempos, o sr. Fuscas foi capado, acalmou um pouco e voltou a miar. Na altura eu dormia com os estores da casa abertos porque sempre gostei muito e foi então que descobri que o melhor para os gatos estarem quietinhos a aproveitarem de uma boa noite de sono seria ter tudo escuro... cortei com uma das minhas coisas favoritas e até hoje durmo com tudo fechado. Depois veio o sr. Temaki e andavam entretidissimos ou estouradissimos de tanta brincadeira e pequenas lutas mas vieram as correrias pela casa e aquelas patinhas peludas ainda fazem algum barulho... não sei como é viver num andar abaixo de alguém mas tenho uma pequena noção que eles a correrem fazem barulho para os vizinhos de baixo. O problema voltou recentemente, quando o Fuscas voltou a miar no corredor durante a noite.. não aos quatros ventos, pois tem o volume ainda consideravelmente mais baixo que antigamente mas é incomodativo. No início sempre que ele miava, eu saltava da cama e ia buscá-lo, pegava-lhe ao colo para a cama, ralhava com ele ou dava-lhe uma palmada mas acho que as minhas palmadas são muito softs que ele ficava a ronronar ou então, foi o que li depois, qualquer tipo de atenção, boa ou má, é atenção e o facto de eu me levantar, fazia disso um hábito e ele assim iria continuar a miar. Antes de proceder ao segundo plano, brinquei com ele antes de me deitar para o meter cansado, é um bocadinho difícil porque o Temaki faz a festa toda e o Fuscas é mais paradinho mas lá vou chateando-o com o brinquedo e o Fuscas acaba por aderir. Não resultou. Plano dois: ignorar o Fuscas por muito que mie. Neste momento deve ser o inferno dos vizinhos, será que já andam à procura de casa? lol mas será por um bem maior, até agora, que eu saiba, ainda não chamaram a polícia, pelo menos penso que oiçam o Fuscas a miar. Sinto ligeiras melhorias e acho que na próxima semana a coisa há de parar. Nas primeiras duas noites que o ignorei, ainda foi miando mas as últimas vezes tem vindo a miar cada vez menos às tantas da noite ou até deixou de miar, pois tenho dormido muito melhor e esta noite já só miou às 6 da manhã, que é a hora que me levanto durante a semana. Progressos!

Para aligeirar este post (acho que não aligeira nada...), deixo uma foto de um sitio que passo todos os dias úteis, penso que seja a serra de Sintra (pois, não tenho a certeza lol). Passo na autoestrada mas todos os dias que volto para casa abrando neste spot e olho para as montanhas. São muito mais lindas do que como ficou na foto, como estão umas atrás das outras, têm sempre cores diferentes por causa da distância e nevoeiro, caso haja e é lindo :D

Sintra

Comentários